Como Fazer a Consulta Pública Bolsa Família 2020?

Compartilhar é se importar!

Você é beneficiário do Programa Bolsa Família, está esperando o resultado da seleção ou pensando em participar do Bolsa Família? Então, veja como a Consulta Pública Bolsa Família 2020 pode ajudar a te manter atualizado!

Dessa forma, os brasileiros beneficiados pelo Bolsa Família devem se atentar aos dados que estão inclusos no perfil do programa, onde a checagem acontece de maneira ágil e eficaz através da Consulta Bolsa Família 2020.

É fato que algumas pessoas ficam um pouco perdidas na hora de procurarem informações básicas do Bolsa Família. Por isso, fazer uma consulta pública é uma ótima solução para sanar suas dúvidas a respeito do programa!

Sendo assim, confira agora como funciona e como fazer uma Consulta Pública Bolsa Família 2020!

O QUE É UMA CONSULTA PÚBLICA DO BOLSA FAMÍLIA?

É uma forma de prestação das contas que o governo faz a respeito do Programa Bolsa Família. Trata-se de informações essenciais que devem ser disponibilizadas a toda a sociedade.

Dessa maneira, nos governos anteriores, de Lula e Dilma Rousseff, a transparência e a prestação de contas do Programa Bolsa Família eram de responsabilidade do Ministério Social.

Esse departamento atualmente foi extinto, portanto a responsabilidade agora é do Ministério da Cidadania.

Portanto, você consegue saber maiores informações sobre o Bolsa Família sem a necessidade de se locomover. A Consulta Pública do Bolsa Família faz parte, por sua vez, do Sistema de Benefícios ao Cidadão (SIBEC), administrado pela Caixa Econômica Federal.

Assim, o Ministério da Cidadania em parceria com a Caixa Econômica, disponibiliza informações ligadas ao programa em sites de consulta pública.

Como exemplo, há o Portal da Transparência do Governo Federal ou o próprio site da Caixa que oferta uma página especial para a realização desse tipo de consulta.

Os dados oferecidos provém diretamente do CadÚnico, tornando as informações o mais completas e transparentes possíveis.

PARA QUE SERVE A CONSULTA PÚBLICA DO BOLSA FAMÍLIA 2020?

Além de servir como forma de prestação de contas para com a sociedade, a Consulta Pública Bolsa Família 2020 é também uma grande fonte de informações.  

E o melhor de tudo é, que por ser pública, qualquer pessoa que se interesse pelo Programa Bolsa Família pode acessar.

Sendo assim, uma grande fonte para estudantes que cursam assistência social, por exemplo. Ou, melhor ainda, para aqueles que se interessam em participar do Bolsa Família.

Nessa plataforma, todos os cidadãos e beneficiários conseguem fazer uma consulta pública em relação ao benefício de várias maneiras.

A busca pode ser realizada por Estado, onde a pessoa que fizer a consulta saberá o número de benefícios concedidos naquele local nos últimos anos. Será possível ainda, conhecer a situação atual dos participantes do programa.

Portanto, a Consulta Pública Bolsa Família 2020 é uma boa maneira de tirar dúvidas até mesmo de quem já participa.

Onde você pode ter acesso a lista das famílias selecionadas, por exemplo. Obviamente, uma informação muito útil para quem já se cadastrou no programa, mas ainda está esperando o resultado da seleção.  

A Consulta Pública disponibiliza entre outras informações:

  • A quantidade exata de verbas que são disponibilizadas para todo o país.
  • A quantia total de dinheiro que é repassada para cada estado realizar os pagamentos.
  • O valor destinado a cada cidade e município, enviado exclusivamente para o pagamento dos benefícios.
  • O montante repassado individualmente para cada pessoa que participa do programa Bolsa Família.

Com relação ao Bolsa Família e seus beneficiários, os dados ofertados são:

  • O valor total do pagamento durante os meses e anos.
  • Nome dos participantes contemplados.
  • Número do NIS do responsável familiar.
  • Datas em que haverá disponibilização do pagamento.

QUAIS SITES FAZEM A CONSULTA PÚBLICA DO BOLSA FAMÍLIA 2020?

É possível realizar esse tipo de consulta basicamente de duas formas: através do Portal da Transparência do Governo Federal ou por meio do site da Caixa Econômica.

O site da Caixa Econômica é bastante intuitivo, no entanto o portal da transparência também não é tão difícil de navegar.

Veja a seguir como fazer a Consulta Pública Bolsa Família 2020 em cada site distinto.

CONSULTA PÚBLICA PELA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL

Primeiro você precisa estar atento ao navegador que vai usar para acessar a página de consulta.

Ela funciona em outros navegadores, mas dê preferência ao Internet Explorer. Pois só com esse navegador você poderá acessar a página sem problema algum no carregamento.

Somente depois que escolher o navegador, é que acessará o site da página de Consulta Pública do Benefício do Bolsa Família.

Nesta página, você vai encontrar três possibilidades de consulta:

  • Consulta por UF, relacionado à consulta do benefício por estado.
  • Busca por município, relacionado à consulta do benefício do Bolsa Família por cada cidade.
  • Procura por famílias, em que busca e consulta o benefício de uma família específica.

Sendo assim, com a página já carregada, opte pelo campo “Benefícios e Programas” e depois “Bolsa Família”. Logo após, clique em “Consultar Famílias Beneficiadas”, onde se o benefício estiver bloqueado impossibilitará a pesquisa. 

Escolha finalmente, qual das possibilidades de consulta deseja (UF, Município ou Famílias), informando por último o número do NIS e nome completo do beneficiário.

CONSULTA POR UF

Na consulta de benefícios por estado (a Consulta por UF) você terá acesso às folhas de pagamento dos últimos três meses com as verbas que foram disponibilizadas para o estado que você escolher.

CONSULTA POR MUNICÍPIO

Na consulta por município, você primeiro seleciona o UF do estado ao qual a cidade pertence e depois escolhe o município em si.

Dessa forma, você terá acesso ao número de famílias beneficiadas e um arquivo ao qual poderá baixar. Nesse documento é possível ver os nomes dos responsáveis familiares e os respetivos membros da família.

Você também pode, através desse arquivo, verificar se o benefício está liberado ou não.

CONSULTA POR FAMÍLIA

Já a consulta por famílias funciona da seguinte forma: você clica em consultar família e insere o NIS (Número de Identificação Social) do responsável familiar.

O NIS é o número que você recebe quando realiza seu cadastro no CadÚnico do Governo Federal. Ele é requisito básico para participar do Programa Bolsa Família!

Então, quando você insere o NIS, o nome desse responsável vai aparecer automaticamente. Você clica no nome e seleciona consultar. Lá o interessado terá acesso à relação dos integrantes do grupo familiar e se o benefício está liberado ou não para a família.

CONSULTA PÚBLICA PELO PORTAL DA TRANSPARÊNCIA


consulta pública bolsa família

No entanto, se você busca algo mais detalhado, pode acessar o Portal da Transparência do Governo Federal.

Lá o interessado vai encontrar as quantias destinadas de forma mais minuciosa. E pode pesquisar diretamente pelo nome do Responsável Familiar.

Algo bastante útil, caso você não se lembre do número do NIS desse responsável.

Lembrando que é possível ainda consultar os dados do Bolsa Família por telefone, através do número 0800 726 0207. Ou também por meio do aplicativo.

COMO ACESSAR A CONSULTA PÚBLICA BOLSA FAMÍLIA 2020 PELO PORTAL DA TRANSPARÊNCIA?

A Consulta tradicional ocorre da seguinte forma:

  1. Na página Inicial haverá várias seções disponíveis, cada uma com uma finalidade diferente. Você vai escolher então a seção “Consultas Temáticas” e selecionar “Bolsa Família”.

2. Clique em selecionar e depois escolha o estado e o município que a família foi cadastrada.

3. Logo irá aparecer uma lista com todas as famílias e a quantidade anual de dinheiro que recebem como auxílio.

Também é possível consultar diretamente pelo nome. Basta clicar em “Transferência Direta”, depois escolher em sequência “por Favorecido” e “por Pessoa Física”.

Assim, um relatório será gerado contendo a relação de nomes de todas as pessoas no Brasil que recebem o benefício ou estão cadastradas no Bolsa Família. Logo, o próximo passo é buscar o nome da pessoa que você quer verificar.

Você pode fazer isso inserindo o nome completo dessa pessoa na pequena ferramenta de busca, logo abaixo do relatório. A ferramenta pode ser encontrada do lado inferior esquerdo.

Basta digitar o nome completo que o sistema faz a busca pela relação de nomes do relatório até encontrar a pessoa que você procura.

Desse modo, você verá o número do NIS da pessoa na coluna à esquerda e o total anual que ela recebe na coluna do lado direito.

Isso é muito funcional para saber se você está ou não sendo beneficiado, pois se o total for zero, é claro que o seu benefício não foi liberado ou possa ter sido cortado.

Ou, caso ainda não participe do Programa Bolsa Família, serve como fonte para saber se foi selecionado ou não.

Saiba mais sobre o programa social do governo a seguir!

COMO SE CADASTRAR NO BOLSA FAMÍLIA?

A Consulta Pública Bolsa Família 2020 é uma excelente fonte de informações, tanto para quem já é beneficiário quanto para quem está esperando a seleção.

No entanto, é óbvio que você precisa estar cadastrado para isso. Mas como se cadastrar no Bolsa Família?  

Primeiro, você precisa estar cadastrado no CadÚnico, o cadastramento único do Governo Federal. Em que esse cadastro serve como base de informações para diversos programas sociais. Inclusive o Bolsa Família.

Portanto, depois de feito o cadastro no CadÚnico, verifique se a sua família se encaixa nos requisitos do Bolsa Família:

  • Pessoas de baixa renda: famílias classificadas em situação de pobreza, que em números significa uma renda familiar entre R$ 77,00 e R$ 154,00.
  • Famílias em extrema pobreza: famílias classificadas em extrema pobreza, ou seja, com renda entre R$ 89,00 e R$ 178,00.

Se atender aos requisitos, basta se dirigir à unidade responsável pelo Programa Bolsa Família da sua cidade.

Lá o gestor do programa lhe indicará, com base na sua formação familiar, quais os documentos que você terá de providenciar.

Por exemplo, se tiver crianças em idade escolar, deverá providenciar uma declaração de frequência às aulas, por exemplo.

Se tiver uma gestante, deverá fornecer os dados do pré-natal, por isso os documentos necessários variam.

No entanto, esteja atento a alguns documentos básicos: como comprovante de residência no nome do responsável familiar, o CPF e documentos de identificação.

Devendo ser documento de identidade, carteira de trabalho ou algum outro documento que seja considerado oficial.

CONCLUSÃO

O número de pessoas que são beneficiadas pelo Bolsa Família é grande. Mas muitas delas ainda têm dificuldades em acessar informações essenciais e se manter informadas.

Muitos não sabem, por exemplo, que é possível fazer empréstimo com o Bolsa Família! Saiba mais em Empréstimo Bolsa Família!

O Programa Bolsa Família é o maior programa social do país, por isso a importância de manter uma transparência impecável.

Essa clareza obtida através da consulta pública acaba sendo uma excelente fonte de informações para as pessoas que não sabem onde buscá-la.

Já é mais uma facilidade na vida de quem espera ansiosamente pelo resultado das seleções!

Portanto, você que está nessa situação, espero ter te ajudado a buscar informações, para achá-las de forma confiável.

Não se esqueça de que sua colaboração é muito bem vinda, por isso não hesite e deixe o seu comentário!

Um grande abraço e até o próximo artigo!

Originally posted 2019-06-30 00:55:44.

Compartilhar é se importar!

2 Comentários

Deixe uma resposta para Jacinta Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo